Consultor político

Consultor Político: o que faz, salário + 6 dicas para se tornar um

Política não é algo que se faz sozinho. 

Basta assistir às transmissões feitas no Congresso para perceber que Deputados e Senadores estão sempre rodeados por uma equipe composta por diversos profissionais, dentre eles, o consultor político.

Quem ocupa essa função tem um trabalho importante tanto no momento das campanhas eleitorais quanto ao longo do mandato do candidato eleito. 

Seu papel é auxiliar na construção de projetos e políticas públicas, algo que exige muito estudo, conhecimento sobre sociologia e economia e, claro, boas habilidades de comunicação.

Neste artigo, explicamos o que faz um consultor político, como ingressar nesta área do mercado de trabalho e quais são as oportunidades que o profissional encontra.

Boa leitura!

O que faz um consultor político?

Um consultor político é como um “mestre dos bastidores” que pode atuar na política local, estadual e nacional e também na esfera privada.

Eles atuam como assessores e “conselheiros” de candidatos e políticos, tendo como principal missão auxiliá-los ao longo da campanha eleitoral e na construção de projetos durante seus mandatos.

Uma das partes mais importantes de seu trabalho está no contato com os eleitores e análise da opinião deles. 

Eles estudam pesquisas, entrevistas e estatísticas para saber o que mexe com o eleitorado e quais são suas necessidades e prioridades.

Com base nesses dados, um bom consultor consegue orientar o político criando planos para que sua atuação vá ao encontro da expectativa dos eleitores.

Tal movimento é fundamental para o crescimento do poder e da influência de um político – e também para a fidelização dos votos.

Porém, consultores não apenas dizem o que deve ser dito e feito. 

Eles também criam estratégias para os políticos se comunicarem melhor. 

Sugerem como falar em discursos, debates e nas redes sociais

Além disso, também faz parte da rotina:

  • Cuidar da imagem do governante;
  • Resolver problemas de reputação;
  • Dar suporte em momentos de negociação com opositores e aliados;
  • Ensinar como lidar com a imprensa;
  • Organizar a próxima campanha eleitoral..

Resumindo: consultores fazem um papel de “técnico” dos políticos, ajudando muito nos bastidores para que tudo dê certo.

Além do papel dentro da esfera pública, um consultor político pode ser contratado por uma empresa ou instituição privada para realizar tarefas como:

  1. Análise de mercado e do cenário político nacional;
  2. Auxiliar discussões com órgãos públicos;
  3. Gerenciar projetos público-privados;
  4. Gerenciar crises de imagem;
  5. Construir relações com políticos;

Áreas de atuação do consultor político

Áreas de atuação do consultor político

Estratégia Política

O “carro-chefe” da atuação do consultor político é a construção de estratégias de campanha e de mandato. 

Aqui se incluem desde a construção de projetos que vão para votação da Câmara e do Senado até a análise das prioridades de campanha de um candidato. 

Um deputado ou senador não atua sozinho entendendo os problemas do país e propondo mudanças. 

Tudo é muito estudado e estrategicamente pensado, tanto para atender às necessidades dos eleitores quanto para responder aos interesses do próprio partido pelo qual o político foi eleito. 

Trata-se de uma teia bastante complexa, que envolve necessidades sociais, lobby econômico, relações partidárias e muito mais. 

Por isso, é comum que os políticos estejam rodeados de consultores.

Esses, por sua vez, passam dias desenvolvendo pesquisas, elaborando textos de projeto para votação e analisando estatísticas demográficas.

Sempre focados em entender quais devem ser os próximos movimentos nesse tabuleiro da política nacional. 

Comunicação e Relações Públicas

Outra atuação clássica do consultor político está na área de relações públicas. 

O profissional não só ajuda seu assessorado a se comunicar frente à mídia e ao público.

Também é sua função:

  • Elaborar discursos;
  • Propor ideias para postagens nas redes sociais, em conjunto com assessoria e equipe de comunicação;
  • Agendar entrevistas com jornalistas;
  • Buscar espaço para seu cliente em eventos de grande expressão;

Pesquisa e Análise de Dados

Como falamos anteriormente, o trabalho do consultor político exige muito estudo da sociedade, da economia e da própria política nacional. 

Por isso, boa parte de sua atuação envolve a leitura e análise de pesquisas, dados governamentais e estatísticas sobre nossa população.

Com base nesses insumos, é possível elaborar projetos e orientar o candidato durante debates.

Marketing Político

Consultores políticos podem se especializar no campo da assessoria eleitoral.

Ou seja, sua atuação fica mais focada no período das eleições.

Seu trabalho será construir uma candidatura sólida, que transmita confiança para a população e, por consequência, gera chances de vitória ao candidato.

Dentro do marketing político, contudo, não ficam apenas tarefas como pensar em vídeos ou discursos. 

Os consultores políticos podem trabalhar nos bastidores, angariando apoiadores para a campanha, seja por meio de alianças políticas ou então buscando doadores junto à iniciativa privada. 

Relações Internacionais

A política não acontece somente dentro do nosso país. 

Todas as nações do mundo se relacionam fora de suas fronteiras, e isso abre espaço para que o consultor político esteja presente nas relações internacionais.

Isso pode ser feito ao assessorar um político que precisa lidar com compromissos fora do país, seja um Deputado Federal, Governador, Senador ou o Presidente.

Athon-MBA

E também há a possibilidade de atuar na esfera privada, representando grandes empresas multinacionais em momentos de discussão com atores políticos locais.

Para ficar mais claro, pense da seguinte maneira: imagine que a Apple está querendo abrir uma fábrica ou no Brasil ou na Argentina. 

A empresa pode contratar um consultor político para conversar e expor os planos da marca para pessoas importantes de ambos os governos. 

Após essa conversa, o profissional pode retornar para a Apple e sinalizar qual país tem melhores condições políticas e econômicas para receber a nova fábrica. 

Consultoria Especializada

O consultor também pode realizar trabalhos específicos para diversos órgãos públicos e entidades privadas. 

Neste caso, ele vai atuar como um especialista em política e vai elaborar um estudo ou plano de ação com base nas necessidades de quem o contratou.

Imagine que uma empresa de celulose deseja se instalar em uma cidade e comprar um terreno da prefeitura. 

A negociação não anda porque a prefeitura está pedindo um valor muito alto no lote e a empresa alega que deseja pagar menos.

Essa negociação pode ser destravada com a atuação de um consultor

Ele pode fazer um levantamento sobre a quantidade de vagas de emprego que serão criadas, o impacto desses salários na economia local e a atratividade de investimentos que a fábrica pode gerar.

Esses dados podem ser levantados em uma pesquisa bem elaborada e entregue à prefeitura.

E com isso, a empresa consegue demonstrar que a redução no valor do lote vale à pena frente ao dinheiro que a fábrica irá trazer para a cidade. 

Qual o salário do consultor político?

Não existe um salário médio para consultor político, uma vez que este profissional pode atuar de diferentes maneiras. 

Por exemplo, segundo o site Vagas.com, o salário inicial de um assessor parlamentar é algo em torno de R$2,9 mil

Contudo, existem registros feitos pelo Glassdoor que apontam que essa profissão pode atingir rendimentos de até R$18 mil ao mês

Já o profissional especializado na construção de políticas públicas e projetos pode ganhar algo em torno de R$13 mil (segundo dados do Glassdoor).

Ou seja, sua remuneração vai depender de fatores como:

  1. Nível de especialização;
  2. Experiências anteriores;
  3. Nível de influência na esfera política;
  4. Tamanho do seu networking com agentes políticos e a esfera privada;
  5. Área de atuação;
  6. Complexidade das funções;
  7. Quem é o contratante (uma empresa multinacional pode pagar muito mais do que um vereador, por exemplo).

6 dicas para se tornar um consultor político

6 dicas para se tornar um consultor político

1. Escolha bem sua formação

Não existe uma formação específica para se tornar consultor político. 

Você pode ser um médico ou engenheiro, mas entrar nessa área sem que ninguém questione seu diploma. 

Entretanto, é fato que alguns cursos superiores oferecem conteúdos mais alinhados com os temas e assuntos que um consultor lida diariamente, dentre eles se destacam:

  1. Bacharelado em Ciências Políticas e/ou Ciências Econômicas;
  2. Marketing;
  3. Comunicação Social;
  4. Relações Internacionais;
  5. Administração;
  6. Direito.

2. Leia e estude muito sobre política e assuntos relacionados

Um bom assessor político precisa estudar diversos temas, que vão desde a sociologia e história de nosso povo até os artigos da Constituição Federal

Por isso, vão mais longe os profissionais que se interessam sobre esses assuntos e que também dedicam tempo a ler obras e estudos sobre o país.

3. Participe das eleições

Quem quer ser consultor político precisa estar inserido na política

Portanto, é essencial ter contato com os processos eleitorais, algo que pode ser feito ao atuar dentro de um partido ou como voluntário em campanhas

Esse contato inicial ajuda a entender como funciona a política no Brasil e vai “treinando” o profissional para que ele saiba como agir perante os desafios e tarefas típicos de sua área. 

4. Seja comunicativo e crie uma rede de contatos

Consultores políticos passam mais tempo conversando nos bastidores do que aparecendo ao lado dos candidatos. 

Por isso, é essencial construir uma ampla rede de contatos com pessoas de interesse, que podem ser outros políticos, empresários importantes, jornalistas, líderes sindicais, etc.

5. Conheça as estratégias e canais de comunicação

Nas últimas eleições realizadas no Brasil, algo ficou bastante claro: o poder das redes sociais e aplicativos de mensagem para “espalhar a palavra” dos candidatos. 

Boa parte dos políticos eleitos recentemente fizeram campanhas mais orientadas para a internet.

Enquanto isso, os investimentos na produção de folhetos, realização de passeatas ou compra de spots em rádios diminuíram.

Isso é fruto de uma mudança na forma como o eleitorado capta a mensagem da campanha política, algo que gera um imenso reflexo na estratégia.

Este exemplo mostra como é importante que o consultor político esteja antenado às redes sociais e os canais digitais de comunicação, assim como no comportamento da sociedade.

Afinal, política se faz falando do jeito certo para as pessoas certas no lugar certo. 

6. Busque formação complementar

Além da graduação e dos estudos constantes sobre política, é importante que o consultor político esteja sempre buscando formas de aprimorar sua formação

Isso pode ser feito tanto com cursos livres e direcionados para assuntos específicos, como também por meio de programas de especialização mais robustos, como um MBA

Afinal, tudo isso vai influenciar no seu repertório para assumir esse cargo e consequentemente no seu salário.

Fazendo política com assertividade

Você pode perceber o papel importantíssimo que os consultores políticos desempenham nos bastidores do que acontece em Brasília, e até dentro da câmara e da prefeitura da sua cidade.

Eles são pilares da articulação política e tem como missão auxiliar os representantes dos poderes executivo e legislativo a cumprir seus mandatos com sucesso. 

Contudo, para ter sucesso na carreira, é essencial ter sede de conhecimento e buscar formação de qualidade para começar o trabalho com uma ampla bagagem.

Se você deseja trilhar essa carreira e quer sair da faculdade pronto e instruído pelos melhores professores, não deixe de conhecer as opções de cursos oferecidos pela Athon.

Sabe aquela lista de cursos que mais se alinham às necessidades do mercado de consultoria política? Todos eles estão disponíveis aqui! 

Quer receber informações sobre inovação e mercado de trabalho?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.