efeito dunning-kruger

Efeito dunning-kruger: você sabe o que é e como evitá-lo?

“O que sabemos é uma gota, o que ignoramos é um oceano”.

Isaac Newton, um dos maiores cientistas de todos os tempos, proferiu a frase acima em uma época com muito menos conhecimento documentado do que atualmente. 

E, ainda assim, a frase se mantém extremamente contemporânea.

Ela explica as principais descobertas do efeito Dunning-Kruger – que estuda porque pessoas com pouco conhecimento sobre um assunto têm mais autoconfiança do que verdadeiros experts.

Talvez o nome lhe seja estranho, mas com certeza o fenômeno não é.

Seja no Twitter, no Instagram ou em conversas do dia a dia, nos deparamos cada vez mais com descrentes na ciência e em processos estabelecidos.

Ou então os gurus de marketing ou da medicina, que nunca fizeram um curso de formação na área e garantem saber mais do que os especialistas.

Hoje, vamos entender um pouco mais porque isso acontece e o que você pode fazer para evitar cair no efeito Dunning-Kruger.

Confira!

O que é o efeito Dunning-Kruger?

O que é o efeito Dunning-Kruger

O Efeito Dunning-Kruger é um viés cognitivo no qual pessoas com baixa competência tendem a superestimar suas habilidades, enquanto indivíduos altamente competentes subestimam as suas. A constatação veio de estudos realizados por David Alan Dunning e Justin Kruger.

David e Justin são dois professores e psicólogos que buscaram entender a relação entre autoconfiança e conhecimento em um assunto.

Em uma série de experiências que foram publicadas no Journal of Personality and Social Psychology, em dezembro de 1999, os voluntários respondiam a perguntas de lógica e gramática e depois eram colocados em rankings de conhecimento.

Porém, antes de revelar os resultados, os cientistas pediram às pessoas que avaliassem seu próprio desempenho.

O que foi notado é que os voluntários que obtiveram melhores resultados se subestimaram; enquanto os que mais erraram, se superestimaram.

A partir daí foi consagrada a teoria: todo mundo se acha melhor do que realmente é

E isso acontece porque, para sabermos que somos ignorantes em um tema, temos que acreditar entender muito sobre ele.

Isso não é uma questão de caráter e, muitas vezes, não é consciente. 

Todo mundo sofre do efeito Dunning-Kruger em algum grau e em algum momento.

Algumas consequências negativas podem surgir desse efeito, como:

  • Ignorância progressiva;
  • Constrangimento social
  • Decepção
  • Insucesso;
  • E um sentimento de injustiça, já que a pessoa acredita que sabe mais do que recebe o mérito.

Como o efeito Dunning-Kruger se manifesta?

Os exemplos que vemos no dia a dia são vários, de assuntos banais até alguns mais sérios.

Imagine a cena: você já deve ter conversado com aquela pessoa que maratonou todas as temporadas de Law & Order e tem certeza de que é especialista em Direito.

Ou então aquele amigo que, por gostar tanto de futebol, acha que é o maior “sabichão” do esporte do mundo.

Outra situação corriqueira que vemos o Dunning-Kruger em ação é a autoavaliação entre crianças. 

Os melhores alunos costumam se dar notas mais baixas do que merecem, enquanto os menos aplicados se dão notas mais altas.

Isso acontece pelo chamado erro de calibração do incompetente

Quando alguém tem pouco conhecimento sobre algo extremamente complexo, tende a criar essa superioridade ilusória por não enxergar toda a figura.

Athon-MBA

Por outro lado, você já deve ter conhecido alguém que é muito capaz em uma área de conhecimento e não acredita nisso – como pessoas que sofrem de síndrome do impostor, por exemplo.

Essa característica levou o nome de erro de calibração do altamente competente, originado pela dificuldade em julgar a habilidade dos outros.

Para ambos os lados, há consequências. 

Portanto, apesar de ser praticamente impossível evitar o Dunning-Kruger em algum momento de nossa vida, há algumas atitudes que podemos ter para diminuir seus efeitos colaterais.

Como evitar o efeito Dunning-Kruger?

Como evitar o efeito Dunning-Kruger

O mais importante para evitar o efeito Dunning-Kruger é não parar de buscar conhecimento.

Quando você começa a estudar um assunto complexo, seu primeiro reflexo será achar que já sabe tudo sobre aquilo.

Resista esse impulso inicial e persevere no desenvolvimento do conhecimento. 

Assim, você poderá ver o mundo de informação que ainda tem para explorar. 

Dessa forma, entenderá que já sabe bastante, mas que tem muito mais para saber.

Algo crucial nessa sua jornada em evitar o efeito Dunning-Kruger é também buscar feedbacks sinceros de pessoas em quem você confia. 

Elas conseguirão apontar os assuntos que você tem que conhecer um pouco mais antes de sair por aí falando como expert.

O efeito Dunning-Kruger e a síndrome do impostor

A síndrome do impostor é um distúrbio psicológico que vem sendo cada vez mais estudado e notado – principalmente entre as mulheres – no mundo corporativo.

É caracterizada por uma tendência à autossabotagem, com uma percepção própria de falsidade intelectual. 

A pessoa se sente uma fraude e acredita que não sabe tanto quanto realmente sabe.

É bem comum escutar dessas pessoas frases como: “nossa, eu enganei todo mundo mesmo…” ou então “não vou me candidatar a essa promoção, eu não tenho todos os requisitos para ela”.

Essas pessoas podem acabar se autolimitando e impedindo sua própria evolução e desenvolvimento. 

Ao mesmo tempo, costumam trabalhar de forma exacerbada para “compensar” a falta que acham que estão apresentando.

Isso pode levar a outro problema psicológico bem mais grave – o Burnout, uma síndrome psíquica que já domina o mundo. 

O Brasil é o segundo país com mais diagnósticos do globo, de acordo com um estudo da International Stress Management Association.

A condição está intrinsecamente ligada ao efeito Dunning-Kruger: afinal, as pessoas que mais sabem tendem a se diminuir enquanto se compara com pessoas que talvez estejam no outro extremo do efeito.

Ao contrário do Dunning-Kruger, se você se identifica com a síndrome do impostor, a melhor saída é buscar ajuda psicológica ou de amigos em quem confia.

Um bom feedback pode fazer a diferença na sua vida.

Busque o oceano

Entender que você nunca saberá tudo que há para saber sobre um assunto é essencial; mas não devemos nos contentar com uma gota, apenas.

Nosso papel é explorar esse oceano de conhecimento desconhecido e sempre nos empenharmos em aprender mais e mais.

E aí, você já tinha ouvido falar sobre o efeito Dunning-Kruger? Vai ficar mais atento aos seus arredores?

Quer melhor forma de ficar por dentro de diversos assuntos do que assinar a nossa newsletter? Se você ainda não está recebendo, assine agora mesmo!

Quer receber informações sobre inovação e mercado de trabalho?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.