Fotografia de moda

Fotografia de moda: história, estilos + 7 dicas para brilhar na carreira

Faz cerca de 17 anos que vimos Meryl Streep incorporar a implacável Miranda Priestly em “O Diabo Veste Prada”.

E, se tem algo que o longa nos ensinou, é que moda não é algo fútil – mas, sim, uma indústria milionária que gera incontáveis trabalhos.

Apesar das problemáticas de Miranda, esse filme desperta em muitas pessoas a vontade de trabalhar nesse mercado.

Se você faz parte desse grupo, com certeza já se pegou folheando revistas, como Vogue e Cláudia, e pensou: “Como é o processo das fotos icônicas da capa?”

Bom, já adiantamos: ser fotógrafo de moda não é tarefa fácil.

Porém, se você é uma pessoa criativa e que se interessa naturalmente por moda – como a Miranda – talvez tenha encontrado a profissão certa.

Neste artigo explicamos com detalhes o que faz um fotógrafo de moda, suas áreas de atuação e quanto ganha um fotógrafo na área.

Cada mergulho é um flash! Confira.

O que é fotografia de moda

A fotografia de moda é a área da fotografia especializada em itens de moda: roupas, acessórios, sapatos, modelos…

Barão Adolf de Mayer, um dos maiores fotógrafos dos anos 20, fez sua primeira foto de moda para a tradicional revista Vogue no início do século XX

Até então, as revistas e catálogos de moda utilizavam ilustrações sem cenários.

Em 1932 é publicada a primeira fotografia de moda colorida, também na Vogue, de uma garota de maiô segurando uma bola de praia, fotografada por Edward Steichen.

Primeira fotografia de moda colorida

Para ambos os fotógrafos, a fotografia de moda precisava passar a ideia de um sonho.

E baseando-se nessa ideia de sonho que a fotografia de moda foi se desenvolvendo.

Até os anos 60, poucas celebridades eram usadas e as fotografias eram muito mais conceituais do que as que conhecemos hoje em dia. 

Com o surgimento de grandes estilistas e peças de desejo, as fotos tornaram-se cada vez mais almejadas.

Conhecendo os tipos de fotografia de moda

Editorial de Moda

Na fotografia de moda, o editorial de moda é provavelmente o tipo mais comum.

Ele é utilizado pelas marcas e estilistas para apresentar peças aos consumidores.

Geralmente publicados em revistas, é o conjunto de fotografias que reúne conceitos e comportamentos que traduzem o que aquela marca ou coleção querem passar.

A fotografia de moda está sempre contando uma história e, no editorial, essa história é reforçada pelos elementos da foto, pela atitude da modelo e pela composição das peças

Todos os acessórios estão passando alguma mensagem.

Fotografia de beleza

Como o nome já entrega, a fotografia de beleza foca na estética da modelo.

Utilizando cenários e conceitos mais simples, prioriza-se a imagem da modelo mais do que sua atitude.

As capas de revista de moda e indústria cosmética utilizam bastante esse tipo de foto para seus produtos.

Fotojornalismo de moda

O fotojornalismo nada mais é do que documentar através de imagens fatos noticiosos e acontecimentos importantes.

No mundo da moda, ele reflete, em geral, o que acontece nesse meio, como:

  • Registro de bastidores dos desfiles;
  • Making of dos editoriais;
  • Celebridades nas primeiras filas.
  • Desconhecidos indo pela primeira vez assistir aos desfiles

Esse estilo registra infinitas histórias interessantes que podem ser contadas.

Tem uma pegada muito mais orgânica e factual do que os outros estilos de fotografia de moda.

Não há encenação no fotojornalismo, já que o compromisso aqui é mais com a verdade.

Fotografia comercial / Fotografia de Lookbook

Sabe aquelas fotos de portfólio que vemos das modelos em início de carreira? 

Essas são as fotografias comerciais ou fotografias de lookbook.

São fotos mais simples, com cenário mais sóbrio, sem muitas interferências. 

Dessa forma, as fotos podem ser adaptadas para diversos tipos de mídia (como outdoor, mídias digitais, vídeos) e mostram a versatilidade das modelos.

Algumas marcas investem em lookbooks específicos para coleções, em que exploram acessórios e cenários mais adequados ao conceito que querem passar.

Porém, diferente das fotos dos editoriais, as modelos estão sempre em poses mais modestas, que imprimem menos suas marcas próprias e mais as marcas das empresas contratantes.

Fotografia Still

Na fotografia still, o modelo não é uma pessoa – e, sim, um objeto.

Quando entramos no site de grandes marcas e olhamos objetos de desejo, estamos olhando para fotografias still. 

Pode parecer simples, mas existe todo um pensamento de jogo de luzes e posicionamento para o objeto parecer o mais desejável possível.

Um bom e icônico exemplo disso é a Tiffany & Co, com fotos de suas belíssimas joias. 

Onde atua o fotógrafo de moda?

A fotografia de moda traz a opção de atuar como freelancer ou ser contratado para trabalhar em veículos, como portais e revistas de moda.

Algumas marcas – grandes e pequenas – também trabalham com seus próprios fotógrafos, para garantir um estilo único nas suas fotografias.

E o céu é o limite (literalmente) para você tirar suas fotos. 

Dependendo do produto fotografado e da marca contratante, as fotos podem ser tiradas em diferentes locais: estúdios, na rua e em locações das mais simples até as mais exóticas.

7 dicas para se destacar no mercado de fotografia de moda 

Dicas para se destacar no mercado de fotografia de moda

1. Estude – muito!

O fotógrafo de moda bem-sucedido é alguém que estuda muito as duas áreas – fotografia e moda.

Se você entende que fotografia é mais sua área e a moda será apenas uma especialização, o curso de Fotografia te abrirá muitas portas. 

Além de dominar a parte técnica, você vai aprender a como utilizar a fotografia em melhores canais (digitais e tradicionais) e perceber como ela compõe uma estratégia global de comunicação.  

Agora, se o caminho é o inverso, e seu sonho é trabalhar com Moda e a fotografia será apenas uma das opções na carreira, invista no curso de Design de Moda

Você pode trabalhar na prospecção de tendências, além de elaborar desenhos técnicos, estamparia, croquis e fotografia de moda.

Busque também cursos livres que tenham a ver com a fotografia de moda.

Athon-MBA

Por exemplo: por que não começar com um curso de composição e iluminação em fotografia?

A partir daí, você já começará a produzir boas fotos que serão importantes para a nossa quinta dica!

2. Inspire-se e busque referências

É importante que, como fotógrafo de moda, você tenha sua própria assinatura.

Porém, para chegar a um estilo único, é natural e esperado que você se inspire em muitos outros trabalhos.

Gaste um tempinho estudando e buscando referências de outros fotógrafos de moda.

Uma dica muito válida é você criar uma coleção no Pinterest ou no Instagram com os trabalhos que mais gostar. 

Dessa forma, pode sempre voltar para conferir suas referências.

3. Invista em bons equipamentos

A fotografia de moda é grande parte dependente do seu talento e dedicação, mas também tem influência pelo equipamento que você utiliza.

Apesar do investimento inicial parecer grande, ao adquirir bons equipamentos, você poderá contar com eles por um tempo maior de uso.

Não perca tempo e vá para o YouTube ver alguns vídeos com avaliações sobre as principais câmeras, flashes e backdrops para fotografia de moda.

Dê uma olhada em sites de confiança para buscar por equipamentos de segunda mão para começar, também. 

O seu bolso agradece!

4. Domine programas de edição de foto

Toda foto exige um tratamento após o clique.

Estudar os principais programas de edição de foto, como Photoshop e Lightroom, vai te ajudar muito a deixar suas fotos com cara profissional.

Hoje em dia, você encontra diversos cursos gratuitos e pagos das ferramentas online.

5. Crie seu próprio portfólio

Lembra que na primeira dica falamos sobre produzir fotos?

Todo bom fotógrafo de moda começa em algum lugar!

E, para divulgar seu trabalho, você precisará de um portfólio. 

Então, uma boa ideia é começar tirando fotos mais caseiras para adquirir, principalmente, conhecimentos técnicos.

Fale com aquele amigo que é artista e precisa de um portfólio para a carreira ou a amiga que quer lançar a carreira de modelo – dessa forma, vocês se ajudam mutuamente!

6. Tenha boa comunicação interpessoal

Comunicação é a chave em qualquer emprego, e para o fotógrafo de moda isso não é diferente.

Ter skills de comunicação interpessoal vai ajudar na hora de realizar as fotos e direcionar os modelos a fazerem as melhores poses, dos mais tímidos aos mais extrovertidos;

Além disso, vai ajudar na hora de fazer networking e divulgar seu trabalho.

7. Esteja por dentro das tendências e novidades do mundo da moda

Apaixonado por moda? Com certeza!

Seja através das redes sociais ou lendo revistas de moda, estar por dentro das tendências e novidades desse mundo é parte crucial do trabalho do fotógrafo de moda.

Não deixe de se atualizar!

Quanto ganha um fotógrafo de moda?

O fotógrafo de moda pode ganhar, em média, entre R$ 2.500 e R$ 3.000 por mês no Brasil, se contratado via CLT, por exemplo.

Porém, esses valores são muito variáveis e dependem de diversos fatores, como:

  • Área de atuação;
  • Região geográfica;
  • Experiência profissional;
  • Modelo de trabalho.

Hoje em dia, trabalhar como PJ e ter seus próprios clientes acaba sendo muito vantajoso. 

Fica a dica!

Os mais renomados fotógrafos de moda, por exemplo, chegam a ganhar R$ 200.000!

📚 Veja também: CLT ou PJ? Guia Completo para ajudar na escolha profissional

4 fotógrafos de moda para você se inspirar

Annie Leibovitz

Annie Leibovitz

Annie Leibovitz é uma fotógrafa que se tornou uma das mais famosas do mundo da moda.

Já trabalhou com nomes de peso, como Gisele Bündchen, John Lennon e Michael Jackson.

Com diversas capas da Vogue, Vanity Fair e Rolling Stone em sua carreira, Annie é famosa por buscar contar verdades com suas fotografias.

Rafael Pavarotti

Rafael Pavarotti

Nascido no Pará, Rafael Pavarotti conquistou o Brasil e o mundo com seu trabalho de cores influenciado pela casa da sua avó, que tem a melhor paleta de cores já vista por ele.

Rafael já marcou em suas lentes famosos como Harry Styles, Rihanna e Beyoncé, em um editorial histórico para a edição britânica da revista Vogue.

Do Brasil, para o mundo.

Tyler Mitchell

Tyler Mitchell

Imagine ter sua foto como parte de uma coleção permanente de uma das maiores galerias de arte do mundo?

Tyler Mitchell tinha apenas 23 anos quando tirou um retrato de Beyoncé que viria a fazer parte da galeria permanente do Smithsonian

Além dessa obra-prima, Tyler já realizou trabalhos para grandes marcas como Marc Jacobs, Nike e Givenchy.

Mylena Saza

Mylena Saza

Aos 22 anos, Mylena Saza assinou sua primeira capa de uma revista nacional. 

A maranhense começou a fotografar aos 18 anos e até pensou em fazer faculdade de biomedicina, mas viu que a fotografia era sua paixão.

Começou fotografando tudo que via pela frente, mas na moda encontrou o mundo que podia criar, somar e ocupar espaços maiores.

Luzes, câmera e flash!

A fotografia de moda precisa contar uma história.

E as possibilidades de histórias são infinitas e dependem da sua trajetória para serem bem contadas!

Para começar essa jornada, inscreva-se nos cursos de graduação da Athon Ensino Superior, que te ajudarão na sua carreira.

Qual você prefere: Fotografia ou Design de Moda?

Além disso, não deixe de se inscrever na nossa newsletter para ficar por dentro das novidades do mercado de trabalho.

Quer receber informações sobre inovação e mercado de trabalho?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.